A anemia por carência de Ferro é um problema de saúde pública, sobretudo nos países subdesenvolvidos. Já quando falamos de atletas este problema assume outras proporções, em vista da perdas causadas pela atividade física intensa e somada pelas perdas corporais habituais, como no caso das atletas de sexo feminino que devido ao ciclo menstrual apresentam uma perda excessiva em muitos casos que se manifestam com sintomas de cansaço físico e mental, falta de energia e diminuição do rendimento físico.

O ferro é um dos minerais mais abundantes na natureza, entretanto este micronutrientes é encontrado em pequenas proporções no corpo humano, mas está amplamente distribuído pelo organismo, e estão divididos em 2 grupos, o ferro que está presente nos compostos chamados essenciais como é a hemoglobina, a mioglobina e componentes enzimáticos e outro grupo é o ferro que está ligado ás proteínas de transporte e de armazenamento como é o caso da ferritina, transferrina e hemossiderina.

O ferro assume muitas funções, e as mais importantes são o transporte de oxigênio através do sangue e no tecido muscular propriamente dito através da mioglobina, atua nos processos de oxi-redução fazendo a transferência dos elétrons da cadeia respiratória e desta forma fazem a fosforilação oxidativa do ADP (difosfato de adenosina) em ATP (trifosfato de adenosina), que atua sobre a produção e reserva de energia. E outra função muito importante é síntese de DNA, a formação das hemácias, a regulação do sistema imunológico e de alguns hormônios e de várias enzimas.

Assim os atletas estão condicionados a ter um estrito controle sobre o ferro, e os déficits podem ser consequências de dois aspectos principias: os nutricionais, como por exemplo a insuficiente ingestão de ferro, com uma dieta pobre em alimentos com alto teor de ferro, ou pela absorção reduzida devido a própria composição da dieta, que pode causar uma competição na absorção dos nutrientes como por exemplo dietas ricas em Calcio, que competem pelo mesmo transportador, ou alto consumo de cafeína que se liga ao ferro, forma um composto e não é absorvido. E as causa de deficit podem ser aqueles relacionados ao aumento das perdas, como no caso do aumento da massa muscular devido ao aumento da mioglobina e a necessidade de mais ferro, ou a hemólise causada pelo impacto, como no caso dos Karatecas e dos corredores , ou mesmo nos ciclistas de BTT que sofrem e absorvem os golpes devido ao terreno. Estes pequenos traumas causam lesões nas membranas das hemácias e causa a redução da meia-vida. Além disso há que referir as perdas urinárias de ferro, como a hematúria no caso dos corredores. As perdas gastrointestinais pela diminuição de oxigenação das células intestinais, as perdas pelo suor que também perdemos ferro, a incapacidade na produção adequada de eritropoietina, e a menstruação como comentado anteriormente.

 

A parte de tudo isso, os atletas ainda podem sofrer do que comummente chamamos a falsa anemia, que é a diminuição dos níveis de hemácias e hemoglobina, entretanto esta é uma situação normal de adaptação observada nos atletas de resistência, e é benéfica. Durante o exercício intenso transpiramos e perdemos líquidos, e para manter a hidratação e a pressão sanguínea, o corpo libera alguns hormônios que fazem com que o volume de água no sangue aumente, muitas vezes por cima do normal e causa uma diluição das hemácias, o que altera os exames de sangue. Esta situação é transitório e por isto deve ser visto por um profissional para avaliar se existe mesmo um deficit ou não, e faz uma dosagem de ferritina sérica, que vai nos dar uma ideia real do armazenamento do ferro e não somente do ferro circulante que pode ser um falso positivo.

Para prevenir devemos consumir alimentos frescos, frutas verduras e carnes,

Temperar as saladas com limão ou beber uma limonada junto com a comida para fixar o ferro; não exagerar nas fibras devido a presença de fitatos que são quelantes naturais do ferro, e deixar o café para longe das refeições. No caso de deficiência necessitamos também de ácido fólico além do sulfato ferroso.